Categorias: Saúde

Outubro Rosa: Mais qualidade de vida para quem está enfrentando o tratamento

O câncer de mama e o seu tratamento mexem profundamente com os aspectos físicos e psicológicos da mulher, no entanto a presença da doença não define a pessoa. Pensando nisso, a Feinkost traz neste texto algumas dicas que podem ajudar as pacientes a preservar a sua autoestima durante o tratamento. Confira:

Perda de Cabelo

A quimioterapia e outros tratamentos acabam matando algumas células de crescimento rápido, como é o caso dos folículos capilares. Portanto, muitas mulheres acabam perdendo os cabelos e os outros pelos do corpo nesta fase.

O que fazer:

Para preparar-se para essa fase, uma boa dica é cortar o cabelo curto, antes dos fios começarem a cair. Assim, evita-se a perda de grande quantidade de cabelo durante o banho ou no travesseiro enquanto dorme. Considere o uso de lenços, turbantes e chapéus. Caso escolha pelo uso de perucas busque aquelas com a coloração que remeta aos seus fios originais. Não esqueça também de sempre aplicar protetor solar na cabeça, pois sem o cabelo, o couro cabeludo fica desprotegido contra os raios solares.


Inchaço no Braço

Também conhecido como linfedema, o inchaço do braço normalmente ocorre após o tratamento radioterápico. Na maioria das vezes, este é um problema temporário, mas também há casos permanentes. Por isso, para diminuir o impacto do linfedema, é importante detectá-lo precocemente.

Dicas para evitar um linfedema:

  • Não ignore qualquer inchaço no braço.
  • Evite lesões na pele do braço afetado.
  • Evite retirar cutículas ao fazer as unhas.
  • Use luvas ao realizar suas tarefas domésticas.
  • Evite mudanças extremas de temperatura da água.
  • Mantenha seu braço protegido do sol.
  • Evite injeções no braço afetado.
  • Não carregue bolsas ou use joias pesadas no lado afetado.

Além disso, o médico pode indicar o uso de luvas compressão ou mesmo encaminhar para o tratamento com um fisioterapeuta, que irá realizar exercícios seguros para evitar ou reduzir o inchaço.


Ganho ou Perda de Peso

O ganhou ou a perda de peso durante o tratamento do câncer de mama é normal. Isso se deve a alterações hormonais ou simplesmente por alterações no apetite. O importante é sempre ter em mente que este não é um momento para dietas, mesmo aqueles que não sejam tão restritivas. Você deve fazer refeições nutritivas e equilibradas para manter um peso saudável e ter uma fonte de energia e saúde.

Recomendações que podem ajudar:

  • Coma bastante proteína, limitando a ingestão de gordura saturada, açúcar, álcool e sal.
  • Caso esteja enjoada, faça refeições menores e com mais frequência durante o dia.
  • Exercícios físicos são essenciais para ajudar com o controle do peso e a manter seu apetite. Pergunte ao seu médico qual o nível de atividade ideal para você.


Alterações na Pele

Algumas pessoas notam que a pele fica mais seca e as veias mais escuras após a quimioterapia e radioterapia. Além disso, também podem surgir outros problemas como inflamações e erupções cutâneas.

Confira algumas dicas para amenizar os problemas na pele:

  • Consulte seu médico antes de usar quaisquer produtos para pele. Isso inclui loções, pós, perfumes, cremes, desodorantes, óleos corporais ou remédios caseiros. Aditivos em alguns produtos podem piorar as reações cutâneas.
  • Evite detergentes com corantes e perfumes.
  • Mantenha sua pele limpa e seca. Use um sabonete neutro e seque bem sua pele após o banho.
  • Use um hidratante, que seja recomendado pelo seu médico, várias vezes por dia para ajudar com a pele seca.
  • Use protetor solar.
  • Use roupas mais largas, de tecido natural, como algodão e seda.


Por fim, a última dica que deixamos é: por mais duro que seja um tratamento de câncer de mama, sempre existe um caminho para que você possa aumentar a sua autoestima.  Continue se cuidando sempre.

Fonte:

https://saude.abril.com.br/fitness/caminhada-nordica-cancer-de-mama/

https://saude.abril.com.br/podcast/como-manter-a-autoestima-durante-o-tratamento-do-cancer-de-mama/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/lidando-com-os-efeitos-colaterais-do-tratamento-do-cancer-de-mama/8643/69/

Tags: